Até gigantes como a Amazon cometem erros estratégicos. O falha do Amazon Fire Phone em 2014 é um excelente exemplo. Qual foi a razão por trás desse fracasso? Ninguém queria este telefone, exceto a Amazon. O gadget foi projetado para permitir que os clientes se conectem diretamente à sua plataforma de compras.

Os clientes já haviam usado iPhones e celulares Android para acessar a Amazon. Esse descuido na pesquisa de clientes levou a um grande e caro erro.

O MVP (produto mínimo viável) pode ser definido de várias maneiras. No entanto, em sua essência, refere-se a um produto criado com os menores elementos possíveis para entregar o máximo de valor ao cliente.

Mas o que exatamente o menor conjunto de recursos implica? E, mais importante, como podemos defini-lo? Para ter sucesso, você deve garantir que o produto que você vende é o que os clientes precisam. Surge assim o dilema: como deve ser?

Desenvolver um MVP pode fornecer a resposta. Mas como criar um plano MVP? Este guia detalhado abordará as nuances do desenvolvimento do seu roteiro de produto mínimo viável.

O que é um roteiro de produto mínimo viável (MVP)?

Um roteiro de produto mínimo viável (MVP) é uma ferramenta que startups e empresas podem usar para determinar quais recursos ou produtos lançar para validar sua ideia de negócio com a menor quantidade de recursos e tempo.

O produto mínimo viável é uma versão inicial de um produto com características suficientes para testar se o produto pode ou não ser bem sucedido no mercado. Ele permite que os primeiros testadores experimentem o produto.

O objetivo do produto mínimo viável é entender o valor do conceito sem perder muito tempo desenvolvendo-o. Ele ajuda você a compreender as necessidades e reações de seus clientes aos recursos e funcionalidades do seu produto.

No entanto, o que devemos incluir no MVP e quais critérios devemos considerar ao determiná-lo? Responderemos mais a essa pergunta vital, mas antes de fazê-lo, vamos entender a razão por trás da construção de um produto mínimo viável.

Qual é o objetivo de um MVP?

Criar um MVP visa desenvolver seu produto rapidamente com base em um conceito testado com um orçamento limitado.

Esse método permite que as empresas reduzam significativamente as chances de cometer erros no processo de desenvolvimento de produtos, permitindo que as empresas se concentrem em uma coisa de cada vez.

Ao concentrar o feedback em grupos ou tipos de usuários específicos, um MVP ajuda na coleta de dados de alta qualidade.

Por que você deve construir um produto mínimo viável?

9 em cada 10 startups falham!

A criação de um roadmap MVP visa ajudar startups e empresas a economizar tempo e recursos, desenvolvendo apenas os recursos mais essenciais de sua ideia de negócio.

Ao validar uma ideia de negócio com um MVP, startups e empresas podem reduzir o risco de fracasso e aumentar as chances de sucesso.

O processo de desenvolvimento de um MVP deve ser iniciado o mais rápido possível e não deve ser adiado. Por que? Porque se o MVP não for construído no momento certo, você arrisca as chances de:

  • Ficando sem dinheiro
  • Entrar em um setor inadequado
  • Realização de pesquisas competitivas insuficientes

No entanto, os riscos podem ser reduzidos seguindo a abordagem de desenvolvimento de MVP. Toda criação de produto começa com certos preconceitos sobre potenciais clientes e como eles irão usá-lo. Seguir o processo de desenvolvimento do MVP passo a passo permite que você valide suas suposições.

É um processo iterativo para construir, medir, aprender e verificar as expectativas para garantir que as coisas permaneçam melhoradas. Você fornece um produto mínimo para segmentar os usuários e aprimorá-lo à medida que aprende mais sobre eles.

Depois disso, você coleta dados sobre quem está usando o produto para que você possa melhorá-lo. Essas informações adicionais são novamente incorporadas ao modelo iterativo, que auxilia na tomada de decisão.

É quando você deve avaliar minuciosamente o produto e suas principais características. Aqui, você determinará os aspectos do seu produto nos quais se concentrar no estágio posterior de seu ciclo de vida.

Razões para construir um produto mínimo viável

Há muitas razões para construir um MVP. O principal motivo é reduzir os riscos e custos do lançamento de um novo produto. Aqui estão algumas outras razões:

  1. Valide sua ideia de produto
  2. Coletar feedback dos usuários
  3. Avaliar a demanda do mercado
  4. Economize tempo e dinheiro
  5. Teste a viabilidade da sua ideia
  6. Reduzir os riscos de desenvolvimento
  7. Ajude a obter os primeiros a adotar
  8. Melhore as chances de sucesso

Em relação à estratégia de produto digital e produto mínimo viável, o segredo é não ter medo de arriscar e experimentar.

Em vez de passar meses ou anos desenvolvendo um produto completo, um MVP permite que você inicie rapidamente uma versão básica do seu produto e colete feedback do usuário. Essa abordagem permite uma rápida iteração e refinamento, levando a um produto final melhor.

Uma estratégia de produto digital. A incorporação de MVPs pode ajudar as empresas a se manterem ágeis e se adaptarem às mudanças nas condições do mercado, dando-lhes uma vantagem competitiva no cenário digital. Lembre-se, a única constante no mundo digital é mudar, por isso é importante ser flexível e disposto a pivotar sua estratégia conforme necessário.

Quais são os benefícios de construir um MVP?

Um MVP permite que você teste seu produto com um pequeno grupo de usuários antes de investir totalmente no desenvolvimento do produto.

Isso pode economizar tempo e dinheiro a longo prazo, pois você pode garantir que seu produto seja viável e haja uma demanda antes de se comprometer totalmente com seu desenvolvimento.

O Dropbox é uma excelente ilustração de como tirar proveito de um MVP para definir o sucesso. Como resultado, eles se tornaram um grande negócio de sucesso, com um patrimônio líquido de US$ 12 bilhões.

Muitos serviços de compartilhamento de arquivos existiam quando o Dropbox foi fundado – eles simplesmente não eram tão bons, e poucas pessoas os usavam.

A hipótese do Dropbox era que um produto bem executado seria fenomenalmente bem-sucedido.

Aqui está a parte difícil: eles precisavam fazer isso bem até mesmo nas plataformas mais proeminentes, como OSX, Windows, iOS e outras. Era um trabalho tremendo, e eles precisavam de dinheiro.

Os capitalistas de risco hesitaram em entrar em um mercado onde os rivais existentes sofriam, o que fez com que muitos investidores se esquivassem.

Veja como a equipe do Dropbox encontrou a solução para o problema:

Veja o que a equipe do Dropbox fez para validar sua proposta de valor:

Construir um MVP é uma ótima maneira de validar sua ideia de negócio e obter feedback do seu público-alvo. Você pode começar a montar seu roteiro de MVP, mas antes disso, aqui está uma visão geral rápida:

1. Defina seus objetivos de negócios

O que você quer alcançar com seu MVP? Seja o mais específico possível.

2. Entenda seu público-alvo

Para quem você está construindo seu MVP? Quais necessidades tem o seu público-alvo?

3. Identifique as principais características do seu produto

Quais recursos terão o impacto mais significativo em seus objetivos de negócios?

4. Priorize seus recursos

Quais recursos você deve incluir no seu MVP? Classifique-os em ordem de importância.

5. Crie seu roteiro de MVP

Depois de identificar e priorizar seus recursos, é hora de criar seu roteiro de MVP. Comece dividindo cada recurso em tarefas menores que precisam ser concluídas. Em seguida, atribua cada tarefa a um membro específico da equipe e defina um prazo.

6. Inicie seu MVP!

A parte mais crucial de qualquer MVP é o lançamento. Certifique-se de ter testado seu MVP completamente antes de disponibilizá-lo para seu público-alvo.

7. Testar e iterar

Depois de lançar seu MVP, acompanhar seu progresso e coletar feedback é essencial. Use esse feedback para fazer alterações e melhorar seu MVP.

8. Dimensione seu MVP

Depois de validar seu MVP, é hora de começar a escalá-lo. Isso pode envolver a adição de novos recursos, a expansão de sua equipe ou o aumento de seu orçamento de marketing.

Siga estes passos e você estará a caminho de lançar um MVP de sucesso em pouco tempo!

O que é o processo de desenvolvimento do MVP?

O MVP é a principal iteração de sua oferta pronta para o mercado no desenvolvimento de produtos digitais. O MVP é um método de desenvolvimento de um novo produto, adicionando funções essenciais e recursos mínimos críticos para ver como o público-alvo reagiria.

Após várias iterações, o produto é construído com todas as funções baseadas nos comentários dos primeiros usuários.

MVP é um conceito que surgiu a partir de lean startup e desenvolvimento de produtos digitais. O MVP ajuda a testar, projetar e entregar o produto concluído.

Várias empresas enfrentam dificuldades ao tentar lançar o produto mínimo viável de um produto digital. Em desenvolvimento web e criação, o desenvolvimento de MVP é fundamental.

É por isso que descobrir a abordagem ideal para criar um produto mínimo viável é fundamental. O objetivo é obter feedback do seu mercado-alvo ou do público o mais rápido possível para que você possa fazer as melhorias necessárias.

Considerações finais: Criar MVP é um componente crucial da jornada do seu produto digital

Lembre-se de que um MVP não se trata de desenvolver um produto perfeito, mas sim um produto bom o suficiente para ser usado pelo seu mercado-alvo ou público-alvo. É importante não gastar muito tempo aperfeiçoando seu MVP antes de lançá-lo para o público.

O objetivo principal é coletar feedback valioso do usuário e iterar rapidamente, refinando o produto com base no uso e insights do mundo real.

Características de um MVP bem desenvolvido

Antes de encerrar, vamos reiterar as características cruciais de um MVP bem projetado:

1. Valor

É por isso que o MVP deve fornecer valor significativo ao cliente para ser bem-sucedido. Antes de investir tempo e esforço no desenvolvimento de um produto, avalie as necessidades de seus usuários. Você deve gastar tempo e dinheiro criando uma solução para eles somente depois disso.

2. Confiabilidade

O MVP deve entregar resultados excepcionais. Os usuários não devem encontrar problemas ao usar o produto.

3. Usabilidade

A usabilidade é um elemento essencial do design de produto. O MVP deve ser simples de usar e fácil de entender.

Veja o MVP como uma maquete de produto que resolve os problemas dos usuários. Como resultado, é fundamental fazer pesquisas com usuários para compreender os requisitos e desejos dos usuários e estabelecer as características corretas do produto.

Esperançosamente, este guia lhe deu uma melhor compreensão dos roteiros de MVP e como validar sua ideia de negócios usando-os.

Ao planejar seu roteiro de produto mínimo viável (MVP), é importante considerar o panorama geral de sua estratégia geral de produto digital. Desenvolver uma estrutura de estratégia de produto digital clara e eficaz pode ajudar a garantir que seu roteiro de MVP esteja alinhado com suas metas e objetivos de negócios.

Na scaledata, entendemos a importância do Estrutura de Estratégia de Produto Digital Certa. Nossa experiente equipe de especialistas em desenvolvimento de produtos digitais pode trabalhar com você para desenvolver uma estrutura sob medida para seu setor específico, público-alvo e objetivos de negócios.

Com nossa ajuda, você pode garantir que seu roteiro de MVP esteja alinhado com sua estratégia geral e projetado para atender às necessidades de seus usuários e clientes.

Se você está apenas começando com Sua jornada de desenvolvimento de produtos digitais ou procurando refinar sua estratégia existente, a scaledata é o parceiro perfeito para ajudá-lo a alcançar seus objetivos.